sábado, abril 30, 2005

"Employment"(2005) - Kaiser Chiefs



Na Na Na Na Naa – Let´s dance!

2004 foi o ano da consagração dos escoceses Franz Ferdinand, 2005, ao que parece em termos de música britânica e europeia, é o ano dos Kaiser Chiefs e do seu aclamado álbum “Employment”.
Inspirado pela citadina Londres e pelas relações amorosas da juventude rebelde, “Employment” é um ambicioso disco de estreia repleto de boas canções, melodias divertidas e refrões catchy.
Seguindo a onda revivalista (com influências dos anos 70/80), os Kaiser Chiefs conseguem apesar disso criar algo de novo na sua sonoridade que se afirma acima de tudo alegre e de certa forma ingénua. É impossível não dançar ao som desta pop contagiante, vibrante, acessível e acima de tudo enérgica. “Employment” é constituído por 12 músicas do melhor que se anda a fazer por aí.

Destaques:

- “Everyday I love you less and less”: a música com o refrão mais contagiante do álbum. Um grito de guerra para a tal “girlfriend” que a cada dia que passa está mais obcecada. Pandeiretas e sintetizadores fazem desta música a imagem de marca do tipo de som da banda britânica.

- “I predict a riot”: o primeiro single de apresentação é um verdadeiro motim (tal como o título sugere), com muitos “la la la las”, palmas e guitarradas fortes à mistura.

-“Modern Way”:mais calma que as anteriores, esta música aposta mais no uso do sintetizador e das frases curtas e directas cantadas por Ricky Wilson.

- “Na Na Na Na Naa”: é sem dúvida o título mais original deste cd. O seu refrão frenético e altamente viciante faz lembrar as músicas dos anos 60, nomeadamente dos Beatles.

-“You can have it all”: uma das músicas mais calmas do álbum, apesar de manter um bom ritmo mais uma vez repleto de influências dos anos 60. É talvez a música com a letra mais composta do álbum, retratando o fim de uma relação sem cair em lamechices.

- “Oh my God”: uma introdução original e uma melodia circular fazem desta música um objecto bastante envolvente e de alguma maneira teatral (tal como o videoclip que a retrata).

-“Time honoured tradition”: mais um refrão abusivamente (no bom sentido) catchy que nos agarra por completo numa música bastante rápida (tem a duração de 2 minutos e meio).

Apesar de “Employment” quebrar um pouco o ritmo a partir de “Oh my God” (a sexta música do álbum), não deixa de ser uma excelente estreia para uma banda que quer acima de tudo divertir-se e fazer divertir o público. Porque é mesmo esse o principal propósito da boa música pop, fazer grandes canções com melodias e letras que conseguem agarrar os ouvintes na primeira audição.



8/10

6 Comments:

Blogger gonn1000 said...

Também ando a ouvi-los mas ainda não tenho opinião formada. No entanto, prefiro os Franz Ferdinand...

12:05 da tarde  
Blogger Eur3ka said...

eu também prefiro os Franz Ferdinand.
já agora obrigada por teres "linkado" o meu blog no teu ;)

6:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... Mature free milf Camcorder panasonic pv Top search engine placement Complications of rhinoplasty surgery Zoloft discontinuation

11:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! Motion sensors for security systems Car seat covers tribute volkswagen corrado vr6 for sale 2004 Cobra+pro+9780+radar+detector American airlines points visa Faulkner volkswagen of the leh

7:55 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

For travellers:
Business travel agency, family cruises, international air travel, india travel tourism

12:25 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work » »

1:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home