domingo, maio 15, 2005

“A love song for Bobby Long” (2005), Shainee Gabel



Conta-me histórias

Depois de saber da morte da mãe, Purslane (Scarlett Johansson) regressa a New Orleans para reclamar a posse da casa que agora lhe pertence. O problema reside no facto da casa estar ocupada com um ex-professor de literatura que agora se dedica ao álcool (John Travolta) e o seu protegido que está e escrever um livro (Gabriel Macht). Estes dois estranhos que levam uma vida “preenchida” de inutilidades vão então ter que partilhar a casa com a jovem Pursy que acaba por se afeiçoar a eles.

Depois da estranheza e das hostilidades, Purslane acaba por mudar a vida daqueles dois homens que pareciam ter ficado perdidos e abandonados pela vida. Ela passa então a ser o centro da história uma vez que é a personagem que leva ao desenrolar de todo o filme. É Purslane que devolve a Bobby Long e a Lawson um novo sentido para a vida, um rumo que há muito era inexistente nas suas existências. Ela própria também procura um caminho e respostas do seu passado recente.

Não podemos falar neste filme sem fazer referência às interpretações dos três actores pincipais: John Travolta está exímio na sua interpretação de um alcoólico que perdeu todo o sentido da vida, Gabriel Macht tem também aqui uma boa actuação de um jovem que segue à risca os ensinamentos e a decadência do seu mestre e, por último, a lindíssima e iluminada Scarlett Johansson que dá a Purslane uma frescura imensa.

O filme ganha sobretudo por estas interpretações mas também pela realização simples e eficaz da estreante Shainee Gabel.
“A love song for Bobby Long” é um filme bastante simpático que nos mostra o reencontro da razão de viver por parte de cada uma das personagens.

* * *

3 Comments:

Blogger gonn1000 said...

Não sendo extraordinário, é um belo e refrescante filme que merece ser descoberto...7/10

11:54 da tarde  
Anonymous j. said...

a scarllet eh linda! e bem dito travolta, nao fosse o seu desempenho o filme falhava!*

8:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! » »

7:43 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home